Como fazer um currículo: dicas e modelos prontos

Preencha seus dados:

;
Edital de Bolsa de Estudos 2º SEM de 2017 (1)
Edital de Bolsas de Estudo – 2º SEM de 2017
17 de agosto de 2017

Como fazer um currículo: dicas e modelos prontos

Como fazer um currículo

Independente se você está começando a faculdade agora ou saindo dela é muito importante que você saiba como fazer um currículo, afinal é ele que é a porta de entrada para entrevistas e possíveis empregos.

Criar um currículo bem estruturado, sucinto e objetivo exige que você reflita intensamente sobre suas competência e habilidades. Pensando nisso, o artigo de hoje vai te dar aquela mãozinha de como fazer um currículo impossível de ser ignorado.

 

Como fazer um currículo se eu nunca trabalhei?

Essa é uma dúvida muito comum de quem está à procura do primeiro emprego. O primeiro ponto que você deve analisar é sobre a vaga disponível e os atributos que ela carrega. Portanto, se a sua área de atuação é administração você deverá montar um currículo com informações relacionadas diretamente a este setor.

Mesmo que você não tenha qualquer experiência profissional, não se desespere. Existem qualidades muito apreciadas no mercado de trabalho que valem mais do que uma extensa experiência profissional. Por isso, expresse o que tem de melhor: sua formação, cursos, idiomas, trabalhos voluntários, entre outros.

 

Passo a passo de como fazer um currículo

Já ouviu aquela frase “menos é mais”? É disso que estamos falando. Um currículo simples, sem exageros nas informações, com uma linguagem clara e objetiva é a melhor escolha. Por isso, uma página é o suficiente para escrever o que precisa. Mas vamos ao que interessa: como preencher um currículo certeiro?

 

1. DADOS PESSOAIS

Inclua: nome completo, seu e-mail, telefones de contato (fixo e celular), cidade onde reside, endereço, idade (se preferir) e estado civil. É interessante que você coloque o endereço do seu perfil em redes profissionais, como o Linkedin. Veja bem, redes profissionais, não sociais, como Facebook e Instagram.

 

2. OBJETIVO

Vá direto ao ponto e jamais coloque um objetivo genérico, como “contribuir para o crescimento da empresa” ou “melhorar meu conhecimento”.

Se você procura emprego na área de Administração, por exemplo, e encontrou uma empresa que oferece vaga na área de gestão, você poderia descrever seu objetivo como “atuar na liderança de equipes, estabelecendo metas e práticas motivacionais”.

O importante é que você saiba aonde quer chegar, pois é isso que as empresas valorizam.

 

3. QUALIFICAÇÕES

Esta é uma oportunidade para você colocar informações positivas sobre sua carreira. Pense sobre suas habilidades e experiências e as descreva de forma resumida. Esta é uma parte muito importante, pois dá uma noção ao recrutador se deve ou não prosseguir com a leitura do seu currículo.

A dica é que você escreva frases curtas e fortes com destaque para o tempo da experiência. Exemplo: “Possuo experiência há mais de 2 anos na área de vendas” ou “Mais de 3 anos de experiência na área administrativa”.

Evite colocar qualidades a seu respeito, como organizado, perfeccionista, analítico, etc.

 

4. FORMAÇÃO ACADÊMICA

Nem pense em iniciar este tópico com “Fiz Administração…” ou “Estou cursando Administração”. A dica é que você descreva sua última formação em primeiro lugar e assim por diante. Veja alguns exemplos abaixo:

 

Formação Acadêmica
Bacharel em Administração
Faculdade Presbiteriana Gammon – FAGAMMON
Jan/2014 a Dez/2017

 

Formação Complementar
Curso de Gestão Empresarial
(nome da instituição)
Ago/2016 a Out/2016 – 120 horas (concluído)

___

 

Formação Acadêmica
Estudante de Administração
Faculdade Presbiteriana Gammon – FAGAMMON
Jan/2016 a Dez/2019 (previsão de término)

 

Se você ainda não iniciou sua formação superior, não tem problema, basta colocar o grau de escolaridade e a escola que frequentou juntamente com o ano em questão. Seja honesto e jamais tente incrementar seu currículo com informações falsas.

 

5. EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Suas experiências profissionais devem ser colocadas em ordem cronológica, ou seja, da mais recente para a mais antiga. Caso tenha muitas experiências, coloque as mais relevantes para a vaga em questão. As informações devem conter: nome da empresa, cargo e data de entrada e saída.

 

6. IDIOMAS

Nada de inventar que você é um expert em línguas estrangeiras. Seja honesto e informe qual seu nível de fluência: básico, intermediário, avançado ou fluente. Se você não tiver conhecimento sobre qualquer língua, não é necessário informar.

 

7. INFORMÁTICA

Se você tem conhecimento sobre alguns programas informe quais são eles. Caso tenha feito algum curso na área de informática, informe a instituição, o curso, mês e ano de término e as horas estudadas.

 

8. OUTRAS INFORMAÇÕES

Se você fez intercâmbio, trabalho voluntário ou qualquer outra coisa que considera importante colocar no seu currículo é hora de citá-las. Não se esqueça: as informações contidas nesta parte devem ter relação com a vaga em questão.

 

O que não colocar no currículo

 

🚫 Título: “Curriculum Vitae” ou “Currículo”;

🚫 Número de documento;

🚫 Foto;

🚫 Nome do pai, mãe, filhos;

🚫 Certificados de cursos;

🚫 Pretensão salarial;

🚫 Informações negativas;

🚫 Pronomes pessoais, como “eu cursei…”. Substitua por “Curso de …”;

🚫 Cartas de referência;

🚫 Data e assinatura;

🚫 Motivos de saída de empregos anteriores.

 

Agora que você já sabe como fazer um currículo, que tal conferir alguns modelos prontinhos para serem baixados?  Aqui nós colocamos os currículos simples e currículos criativos. É só abrir e editar com seus dados da maneira que desejar. Só não se esqueça das dicas citadas acima!

 

Modelo 1 – Currículo simples

Modelo 2 – Currículo simples

Modelo 3 – Currículo simples

Modelo 4 – Currículo simples

Modelo 5 – Currículo criativo

Modelo 6 – Currículo criativo

Modelo 7 – Currículo criativo

Modelo 8 – Currículo criativo

Modelo 9 – Currículo criativo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *